Menos Forbearance do que o Esperado

.

O programa de Forbearance permite que as famílias americanas suspendam o pagamento de suas prestações de financiamento por um determinado tempo, e alguns analistas do ramo temem que esses pedidos de moratórias possam levar a um aumento foreclosures, se as famílias não puderem pagar as prestações no final do programa, e as propriedades acabarão por serem tomadas pelos bancos. Alguns dizem até que vamos ver a mesma crise imobiliária que vimos em 2006-2008. No entanto, olhando para os dados, encontramos uma imagem bem diferente.


Um relatório de Odeta Kushi, Vice-Economista-Chefe do First American:


“Apesar da implementação do programa de forbearance pelo governo, já havia temores de que até 30% dos proprietários de casas ia necessitar alguma assistencia para prevenir foreclosures. Mas o programa de forbearance não atingiu 30%, e sim atingiu o pico de 8,6% e tem caído continuamente desde então. ”


Outro relatório, da Black Knight, em seus dados mais atuais mostra que o percentual de casas que fez o pedido de forbearance caiu para 7,4%. O relatório também mostra a diminuição em números absolutos:


“A tendência geral de melhoria incremental no número de financiamentos em forbearance ativa continua. De acordo com os dados mais recentes do McDash Flash Forbearance Tracker da Black Knight, o número de forbearance ativa caiu mais 71.000 na semana passada, empurrando o total para menos de 4 milhões pela primeira vez desde o início de maio. ”


Aqui vai um gráfico que mostra o declínio das forbearances nos últimos meses:

 


O relatório também explica que, em geral, a atividade geral das forbearances caiu com  10% a menos de novos pedidos de forbearance e quase 40% a menos de pedidos de extensão.


E quanto a possíveis foreclosures uma vez que as forbearances acabem?


Kushi também aborda esta questão:


“Há duas razões principais pelas quais é improvável que esta crise produza uma onda de foreclosures semelhante à recessão de 2008. Primeiro, o mercado imobiliário está em uma posição muito mais forte em comparação com uma década atrás. Acompanhado por padrões de empréstimos mais rigorosos, a proporção usada entre dívida e rendimento das famílias usado pelos bancos para oferecer empréstimos está no seu mínimo das ultimas quatro décadas e a maiorias das casas tem juntado um património líquido nas últimas três décadas como nunca visto antes. De fato, até o momento, os dados do MBA indicam que a maioria dos proprietários que tirou proveito dos programas de forbearance está pagando suas prestações em dia ou pagando o empréstimo por meio de uma venda ou refinanciamento da casa. Em segundo lugar, esta crise está afetando mais aos locatários.


Existe sim um grande desafio

Hoje, os proprietários têm muitas opções que podem evitar as foreclosires. Isso é bom não apenas para as famílias afetadas, mas para o mercado imobiliário em geral. Um estudo recente da Fannie Mae, entretanto, revela que muitos americanos não estão cientes dessas opções.


É imperativo que cada famílias em particular que possa ser afetadas por um possivel foreclosure entenda melhor quais os programas disponíveis para sua situação pessoal.


BOTTOM LINE


Se de fato cada família endender as possibilidades e programas disponíveis que possam evitar uma possível foreclosure, e fizer uma boa escolha destas opções, teremos uma desaceleração de foreclosures no mercado, e muita gente não tendo que tomar decisões forçadas.

Quer saber mais?
VENHA CONVERSAR CONOSCO.

 

Temos opções maravilhosas pra você.
COMPRE & VENDA COM SEGURANÇA.

 

Ligue/Text 1 (954) 809-5318

[email protected]ahoo.com

 

 

Post a Comment