Your search results

Quanto custa morar em Miami?

Posted by Helena Grossberg on November 25, 2012
| 1

Veja aqui os custos de viver nesta cidade linda no Sul da Florida.

Não importa se o apartamento é seu ou se ele é alugado. Antes de se mudar, você precisa calcular os custos, além do financiamento ou aluguel, para ter certeza de que você consegue arcar com todas as despesas.

Aqui na Florida, o dono do apartamento sempre paga o condomínio e o imposto predial, mas as despesas do apartamento cabe a quem está morando nele. Este calculo está sendo feito para uma pessoa morando em um apartamento de 100m2.

Eletricidade – Durante os meses de inverno (Dez-Mar), se você não usar muito o ar condicionado, sua conta será ao redor de $50-$70 por mês.  Tudo depende de quanto tempo você fica em casa, da eficiência da sua geladeira, quanto tempo por dia você assiste televisão, se usa chapinha para o cabelo, se cozinha usando micro ondas, fogão elétrico, etc. Desligar as luzes sempre abaixa o custo da eletricidade.

Ar Condicionado – Em geral, o ar condicionado pode ter um custo alto na Florida, dado ao longo calor do verão. A umidade causa muito mofo, que pode destruir paredes e residências, e a melhor forma de prevenir o mofo é manter o ar condicionado sempre ligado, mesmo em uma temperatura natural. Além de controlar a temperatura, ele circula o ar, retirando partículas de pólen, filtrando e limpando a poeira dentro de casa. No alto verão, como Julho e Agosto, em uma casa de 100m2, pode acabar custando até $300 a mais na conta de eletricidade por mês. Este não é um custo distribuído igualmente durante o ano. Em dezembro, este custo pode ser minimizado, já que não é tão quente mais.

Aquecimento – Muito raro o uso de aquecimento na Florida, as vezes é necessário aquecer a casa ou apartamento no inverno por uns dias em Dezembro, Janeiro, ou Fevereiro. Este custo é agregado na conta de eletricidade também, e acrescenta uns $10-$20 no máximo na conta de eletricidade.
Gás – A maioria dos apartamentos na Florida não utilizam gás para cozinhar, e sim, usam fogões elétricos. O uso do fogão já foi calculado acima.

Internet – Muitos edifícios oferecem internet nas áreas comuns. Por mês, uma conexão simples, está custando em media $45-$60 por mes. Como ela pode ser dividida com a TV à cabo, é sempre bom conversar com o provedor de serviços de cabo pra ver qual o melhor custo beneficio que você consegue na sua região.

TV à Cabo – Esta é uma despesa opcional, mas muitos condomínios oferecem TV à cabo básico. Os canais premiums devem ser pago à parte. A TV Globo, por exemplo, custa $19.99 por mês. Outros, como HBO, Showtime, podem vir em pacotes diversos, e cada companhia pode oferecer serviços diferentes. As vezes, você encontra serviço gratuito por 3 meses, depois cobram $90 por mês, o que é bem caro, comparado com outros ainda que podem ser baixados pela internet por $20 por mês. Aqui, é preciso dar uma busca bem detalhada antes de escolher.

Seguro da Casa (Home Owner’s Insurance) – Muitos condomínios exigem que o dono tenha seguro próprio protegendo a área interior do seu apartamento, cobrindo também a responsabilidade legal contra processos.  Este seguro, dependendo do valor do apartamento pode custar de $1,000 a $2,000 ao ano.

Seguro de Inquilinos (Renter’s Insurance) – Nunca se sabe o que pode acontecer com o seus pertences. O seguro custa em media $150 por ano e se o seu apartamento for roubado, você vai ficar contente de ter feito este seguro.

Condomínio – Conhecida como “Manutenção” ou Maintenance, esta despesa varia muito de um apartamento a outro e é sempre paga pelo dono do apartamento, e não pelo inquilino. Vários condomínios incluem TV à cabo, agua quente, e serviços de atendimento aos aparelhos domésticos, além de todas as amenidades do edifício. Em media, um condomínio pode custar ao redor de $500 – $1200 por mês, dependendo dos serviços prestados.

Imposto Predial – Esta despesa também é paga pelo dono do apartamento, e é baseada no valor venal do apartamento. Este valor e venal e varia cada ano, com a avaliação do governo, baseada nas vendas da região. O valor a pagar chega anualmente em setembro, e deve ser pago em abril do ano seguinte, e tem vários incentivos para ser pago com antecedência. O governo incentiva a morar em Miami, dando isenções a residentes, viúvas, e veteranos. O valor geralmente gera ao redor de 1.9% do valor do apartamento.

Armado com esta noção, fica mais fácil calcular seus custos. O ideal é sempre perguntar antes de assinar qualquer documento, qual os custos atuais, para ver se correspondem às suas expectativas e não ter nenhuma surpresa depois.

Venha tomar um café conosco e conhecer Miami. Você vai se apaixonar por esta cidade. Conheça nosso time e compre com segurança.

Por que é um luxo ter apartamento em Miami, não é?

Quer saber mais? Venha conversar comigo.  Temos opções maravilhosas pra você. E agora, com serviços de concièrge. Compre com segurança.

One thought on “Quanto custa morar em Miami?

  • juca
    on June 3, 2013

    Nossa, estou pasmo. Está mais barato morar em Miami do que no Brasil, onde o custo do condomínio é uma fortuna.

Comments are closed.

  • Preconstruction Condo Map