Your search results

Paredes de Papelão.

Posted by Helena Grossberg on November 10, 2013
| 0

Quem já esbarrou em alguma parede nos EUA com certeza levou um susto, parece de papelão. Só mesmo algumas raras mansões muito antigas, geladas por dentro, é que foram construídas com cimento. As demais, são todas feitas com placas de gesso, pré-fabricadas, que podem ser erguidas e cortadas na hora da colocação, de acordo com as especificações da casa.
Será que são melhores mesmo? Parecem tão frágeis… As primeiras paredes de gesso ou drywall foram inventadas na Inglaterra, no final do século XIX.  Eram de fato feito com papel e gesso, e com materiais para isolamento térmico. Hoje, depois de muitas tentativas e erros, a qualidade é muito superior, providenciando até mesmo proteção contra incêndio.

Hoje, além do gesso tem até um pouco de cimento dentro, existem vários tipos de drywall específicos para diversos ambientes. Algumas são construídas à prova de som, outras com resistência superior ao moldo, ou  à prova de radiação, com materiais ecológicos e naturais, ou mesmo com cerâmica para ambientes úmidos.

O importante é que este tipo de parede tem muitas vantagens em uma construção ao invés do sistema convencional.

  • Flexibilidade – Sendo fácil de montar, elas podem ser executadas de forma rápida e limpa, sem muito resíduos.
  • Aproveitamento de Espaço – Estas paredes podem ser configuradas de acordo com as exigências de cada ambiente. Assim, podem ser erguidas de forma mais delgada ou mais largas, com uma ou duas chapas, com ou sem isolamento térmico ou de som.
  • Leveza – O peso de uma parede de gesso é em media 15% mais baixa do que de uma alvenaria.
  • Alta Qualidade – Os acabamentos de uma parede de gesso são equivalentes aos de uma parede de cimento concreto, sendo muito fácil consertar uma parede em dry wall e mudar um ambiente.
  • Resistência – Estas paredes conseguem desempenhar a mesma resistência mecânica de uma parede tradicional.
  • Versatilidade – Estas paredes de gesso podem esconder vários fios, canos, e colunas que podem mudar seu curso em uma reforma. Forros e revestimentos podem variar, para acomodar diversas necessidades.
  • Custo – Seu custo é baixo não por sua composição, que pode ser mais sofisticada que uma parede tradicional, mas por ser de fácil instalação e transporte.

Várias residências nos EUA foram construídas com uma certa textura nos tetos, conhecida como Popcorn, ou teto de pipoca. Este era o padrão de acabamento usado entre 1950 e 1980, por sua durabilidade, capacidade de esconder imperfeições, e abilidade em abafar o som.

Muito simples de ser retirado, basta umedecer o teto até que o popcorn fique mole, e remove-lo com uma espátula. Depois é só pintar por cima.

Paredes texturizadas também eram muito comuns nos EUA, elas escondem pequenas imperfeições e são maravilhosas com as crianças, elas perdoam todas as marcas de crayon e dedinhos… Mas nada como uma parede branquinha para começar a decorar seu apartamento novinho.

Quer saber mais? Venha tomar um café comigo. Compre com segurança.
Na ALM temos opções maravilhosas pra você, e toda a assessoria que você precisa. E agora, com serviços de concièrge. Compre com Segurança.  

  • Preconstruction Condo Map